Get Adobe Flash player

Nova Direção e Diretora Técnica

 

       
     Tendo em conta um conjunto de circunstâncias, inerentes ao funcionamento do Centro Social e Paroquial, o Presidente deste Centro propôs ao Senhor Bispo, D. Ilídio Leandro, a cessação das funções da Direção. Desta forma, foi designada uma nova Direção, sancionada pelo Bispo de Viseu, com a seguinte constituição: Pe. Virgílio Marques Rodrigues; Leonel Marques Pereira; Vital Esteves Lopes; Jacinta Maria Almeida e Nuno Miguel Henriques Carvalho.

 

     Devido ao pedido de demissão da anterior Diretora, e em diálogo com a Diocese, foi proposta uma nova Diretora Técnica, Dra. Elisabete Costa.

 

    Deixo uma palavra de gratidão e apreço à dedicação dos elementos da Direção cessante, bem como ao trabalho realizado pela anterior Diretora, Sílvia Tomás. Ambos, deram o seu contributo para a promoção e qualidade deste Centro Social e Paroquial de São Joaninho.

 

Pe. Virgílio

Festival das Sopas

 

 
 

XIV FESTIVAL DE TEATRO DE S. JOANINHO - uma parceria ao serviço da Cultura

 

       
       E... já começou!!!

 

     O XIV Festival de Teatro de S. Joaninho teve início no passado dia 4 de Maio, pelas 22 horas no Centro de Artes Cénicas (CAC) do Clube Recreativo de S. Joaninho (CRSJ). A abertura esteve a cargo do Grupo de Teatro Trigo Limpo da ACERT – Tondela, com o espectáculo “Sermão aos Peixes”, texto inspirado na obra do Padre António Vieira, de 1654, numa encenação tão espectacular quanto actual de Pompeu José, que também foi protagonista da peça.

 

     Esta décima quarta edição é designada de Festival de Teatro de S. Joaninho porque, este ano, a iniciativa conta com a organização conjunta das duas Instituições de maior referência da Freguesia de S. Joaninho: o Centro Social e Paroquial de S. Joaninho (CSPSJ) e o Clube Recreativo de S. Joaninho. Esta junção de forças teve por objectivo contribuir para o reforço da oferta cultural a que esta localidade já se vem habituando, garantindo que a Cultura chega a todos e a todas independentemente do seu lugar de pertença. Assistiram ao espectáculo cerca de 200 pessoas, de diversas localidades do concelho e até de outros concelhos próximos. Mais uma vez, como já é também um hábito, os idosos do Lar de S. Joaninho e seus familiares puderam desfrutar de um grande momento de Cultura, numa sala acolhedora e plena de calor humano.

 

     Esta parceria demonstrou ser válida porque juntou o esforço, o trabalho esforços, os contributos, os objectivos e, principalmente, o Sonho… O sonho comum de uma Comunidade inteira! E a mensagem da peça a que assistimos, tal como bem reforçou o Presidente da Direção do CSPSJ, Pe. Virgílio Marques Rodrigues, é tão actual que não poderia estar mais de acordo com esse Sonho: se queremos a virtude da felicidade temos de procurá-la, onde ela estiver, trabalhando e lutando para a alcançar. É isto que se faz em S. Joaninho, com iniciativas como esta: busca-se a felicidade e convida-se a todos para a partilhar!

 

     No final do espectáculo, o grupo de Teatro Trigo Limpo recebeu das mãos de uma Utente do Lar de S. Joaninho um troféu, produzido pelos próprios idosos nas suas actividades ocupacionais, fato que ocorrerá em todas os espectáculos deste Festival.

 

     A noite terminou com mais uma agradável manifestação cultural de S. Joaninho: a Tuna “Os Unidos” presenteou o CRSJ, e os seus sócios e amigos, pelo seu 41º Aniversário, ocorrido no passado dia 1 de Maio, com um sarau musical, com músicas renovadas e outras mais populares, que representam também, conjuntamente com o Teatro, a Memória do Clube Recreativo de S. Joaninho. Cantados os parabéns, a festa continuou com bolo e espumante para todos quantos quiseram partilhar este momento alto da vida desta Associação.

 

     O Festival continua, todos os sábados, pelas 22horas no CAC, até ao próximo dia 01 de Junho. No próximo sábado dia 11/05, poderemos assistir à peça “Amores Tecnológicos”, apresentado pelo grupo de Teatro “Barraca Preta”, da Lousã. Não faltem! Vamos todos ao Teatro!

 

      S. Joaninho, o Centro Social e Paroquial de S. Joaninho e o Clube Recreativo de S. Joaninho, estão todos de parabéns! Afinal, a Cultura, quando se faz, é mesmo para todos!

 

Saúde para a comunidade

 

 (descarregar cartaz)

 

     (descarregar folheto)

CELEBRAÇÃO DO DIA DO IDOSO

 

     O Centro Social e Paroquial de S. Joaninho, celebrou a efeméride do Dia do Idoso, no dia 1 de Outubro, dia de Santa Teresa do Menino Jesus (+1897). A equipa de dinamização elaborou uma exposição de artefatos e haveres pessoais dos utentes de Lar, subordinada ao tema: “Dar vida aos ojetos de uma vida”. Animada pelo acordeão da Andreia de Nagosela, a tarde decorreu em alegria e convívio, terminando com um lanche partilhado, sempre com a presença de alguns familiares dos idosos. O Presidente da Direção recordou que o dia do idoso, tal como os outros dias específicos, é todos os dias, sempre que alguém se abeira dele e o faz sentir importante, com carinho e gestos de ternura. 
 
     Todos nos encontramos no barco da evelhescência, sobretudo, vista uma  preparação para entrar na ‘velhice’ ou maturidade final. Tal como a adolescência nos ajuda a entrar na maturidade, a evelhescência prepara-nos para ser ancião. Os adolescentes não entendem os adultos e acham que ninguém os entende. Os evelhescentes também não os entendem. "Ninguém me entende" é uma frase típica de evelhescente.
 
     Todos precisamos de fazer o exercício de nos colocar na situação do outro, porque facilita o diálogo e promove o encontro e uma compreensão generalizada da existência.
O Dia Mundial do Idoso surge um pouco com esta finalidade de conscientização do valor da maturidade-fronteira do ser humano. Foi em 1999, por recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU), que se comemorou o ano internacional do idoso, também pelo fato de que a população mundial está envelhecendo e de que isto pode significar também uma possibilidade de amadurecimento das relações sociais, económicas, culturais e espirituais da humanidade em geral, contribuindo para a paz e harmonia entre os diversos povos da ‘Aldeia Global’.

 

Há quem não goste da palavra ‘velho’, carregando-a de tudo o que é negativo no processo final da maturação humana. Não tem que ser assim, mas se assim for, devemos aceitar as palavras do texto seguinte: “Idosos, sim! Velhos, não! Aprenda a usufruir os seus Anos Dourados!
Idoso, é quem tem o privilégio de viver uma longa vida… velho, é quem perdeu a jovialidade.
Você é idoso quando se exercita… você é velho quando somente descansa.
É idoso quando tem planos… é velho quando só tem saudades.
Para o idoso, a vida renova-se a cada dia que começa… para o velho, a vida acaba a cada noite que termina.
Para o idoso, o dia de hoje é o primeiro do resto da sua vida… para os velhos, todos os dias parecem o último de uma longa jornada.
Para o idoso, o calendário está repleto de amanhãs… para o velho, o calendário só tem ‘ontens’.
Quando chegar à etapa de idoso, viva uma vida longa, mas que nunca fique velho!”
 
     É uma preciosa mensagem, engenhosamente equacionada, que merece figurar num painel de honra, em qualquer Lar de Idosos!
 
     Parabéns à equipa dinamizadora e funcionários do Lar de São Joaninho, por proporcionar, em cada dia, de ‘sol’ ou de ‘chuva’, raios de luminosidade à vida precária, mas valiosa dos utentes.

 

Pe. Virgílio
 

Mais artigos...

  1. PUB_BencaoLar

Subcategorias